Serviços

Para que a ponte ligue a "ilha", representada poeticamente pelas pessoas, ao continente, representado pelo setor produtivo e instituições de ensino, é preciso preparar os dois lados. Essa preparação é embasada na educação empreendedora, que tem o poder de transformar indivíduos em protagonistas da sua própria história. E essa é a nossa bandeira.

Enquanto o mundo busca soluções olhando para fora, nós acreditamos que elas estejam no próprio indivíduo. O que se justifica quando observamos o universo de dados e informações que deixam clara essa colocação. 

Em um planeta onde 80% das pessoas trabalham no que não gostam e, no Brasil, 92% desejam mudar de emprego em 2020 (Pesquisa Catho 2020). Quando os índices de abandono dos segundos anos dos cursos superiores saltaram de 10% em 2010 para 49% em 2019, segundo último relatório do INEP (http://portal.inep.gov.br).  Em um momento onde a Pandemia não afetou apenas a saúde das pessoas (nossos sentimentos à todas as famílias que perderam seus entes queridos), mas afetou também a maneira como criamos, administramos e planejamos uma empresa, nossos projetos pessoais e nossas carreiras. Em um contexto atual no qual,  até meados desse ano de 2020, 7,8 milhões de postos de trabalho foram aniquilados no Brasil (Folha de São Paulo – 30 de Junho 2020), e a taxa de desemprego, segundo a OIT (Organização Internacional do Trabalho) irá se manter na casa dos 12,5 milhões de desempregados até 2024, é preciso promover o encontro do indivíduo com ele mesmo. Só assim, as escolhas podem ser efetivadas com mais assertividade e as tomadas de decisões individuais passam a ser maduras e com base no que ele é, nas suas características comportamentais, no seu jeito de ser, pensar e agir.

É nesse cenário que nos colocamos como intermediários e formadores desses novos protagonistas que precisam e muito, alcançar autonomia e autorrealização para que, mudanças aconteçam e a sociedade se beneficie de maneira completa. Com indivíduos libertos de paradigmas instaurados diante da ausência de oportunidades, hora existentes mas pouco aproveitadas por cada um de nós, pelo próprio desconhecimento quem somos no sentido literal da palavra é que construímos nossa oferta de produtos e serviços.  A promoção do autoconhecimento leva a liberdade, sinônimo aqui colocado como autonomia. A inserção de técnicas mercadológicas junto a esse indivíduo, que passa a então se conhecer, permite a ele, se tornar Sócio Majoritário da sua Própria Vida. Nossa entrega é toda voltada para essa conquista individual que acaba beneficiando o coletivo.   

 

Por acreditarmos que os melhores resultados são alcançados quando adquirimos autonomia é que, usamos como base, a educação empreendedora em um processo contínuo  de capacitação, tornando-os indivíduos capazes de performarem acima da média, agregando a eles o conceito de “donos da marca”. Isso os torna responsáveis pelo seu desempenho, mas de uma maneira libertadora, que os ilumina estrategicamente e promove a autorrealização diante de um trabalho extremamente bem executado. Isso os torna protagonistas da sua própria história. 

Prof. Me. Afrisio Lucas Junior
Fundador e Diretor de Novos Negócios

http://lattes.cnpq.br/4954081664240711

WORKSHOP O SOBREVIVENTE. 

Nossa primeira ação de capacitação empreendedora ocorreu em 3 encontros de 2 horas cada um, em formato de wirkshop e e reuniu empresários locais e regionais, além de empreendedores e  profissionais de áreas distintas. Aconteceu na Trecsson Centro de Eventos do  Shopping Catuaí de Maringá e reuniu empresários, empreendedores e profissionais de áreas distintas. 

Workshop O Sobrevivente

Set/2020 - Trecsson Centro de Eventos, Shopping Catuaí Maringá.